Cases de Projetos Luminotécnicos - Celena

+55 11 4871-1888

Ginásio esportivo ganha conforto térmico e economiza 60% de energia com LED

No ambiente escolar, o espaço destinado à atividade esportiva requer um cuidado à parte em relação aos demais ambientes. Sua iluminação visa proporcionar lazer e bem-estar aos usuários, garantindo a boa visibilidade sem comprometer o conforto visual. Mas com os avanços tecnológicos, critérios como calor e redução do consumo de energia passaram a ser aliados importantes em projetos luminotécnicos para a prática recreativa e educacional de esportes.

Estes foram os princípios norteadores do projeto desenvolvido pela Celena para o retrofit do ginásio esportivo do Colégio Emilie de Villeneuve, na Vila Mascote (SP).
O complexo com 1500m2 formado por três quadras e duas arquibancadas usava refletores metálicos e lâmpadas tubulares fluorescentes, produtos de elevado consumo e que contribuíam para aquecer em demasia o ambiente. No lugar do refletor metálico de 400W foi instalado refletor Extreme LED de 200W da Lâmpadas Golden, fixados nas laterais da estrutura do telhado direcionados para o interior das quadras com 40º de inclinação para não ofuscar a visão.

A tecnologia LED garante acendimento automático, o que é uma grande vantagem para locais com atividade esportiva, que demandam boa iluminação para atletas e público. “Já a lâmpada de vapor metálico usada anteriormente leva de 15 a 20 minutos para chegar a 100% do fluxo em caso de pico de energia”, explica o coordenador comercial da Celena, Ricardo Longarço.

A iluminação da quadra é completada pela luminária Extreme LED High Bay de 200W da Lâmpadas Golden, num total de 31 luminárias fixadas em fileiras na lateral e no meio. Devido sua lente refletora com flexibilidade de distribuição e ângulo de abertura de 60? e 120?, permite uma iluminação livre de ofuscamento e sombras. Sua luz branca fria (5700K) é estimulante e indicada para locais com prática de esporte e atividades físicas, sem alterar a cor dos objetos.

Na arquibancada superior foram usados refletores Extreme LED da Lâmpadas Golden de 50W usando a mesma estrutura anterior , também com 40? de inclinação e com vidro temperado que garante mais segurança em caso de possíveis quebras. A arquibancada inferior recebeu tubular LED de 9W e 18W da Linha Extreme da Lâmpadas Golden em substituição à tubular fluorescente de 20W e 40W, garantindo o mesmo fluxo luminoso com menos consumo de energia e menos trocas.

As características de iluminação buscaram assegurar a boa visibilidade do objeto em movimento, no caso a bola, e das linhas demarcatórias. Foi levada em consideração ainda a ausência de reflexos sobre o piso de madeira e o conforto térmico de atletas e público. Neste caso a tecnologia LED apresentou-se como a mais apropriada por não emitir calor. O fluxo luminoso está de acordo com a norma NBR 8837 de iluminação esportiva.

Para utilização racional da energia elétrica e aumento da vida útil dos equipamentos, foi utilizada instalação de circuitos independentes nas quadras.

Também fez parte do projeto a remodelação da iluminação do vestiário e banheiro, que antes tinha uma iluminação monótona com fluorescentes tubulares. Em seu lugar foi aplicada a Extreme LED Downlight de 28W da Lâmpadas Golden para iluminação geral instalada no teto rebaixado. Ainda foi usada a Ultra LED Spot LED redonda de 6W de embutir da Golden sobre os espelhos e pias, proporcionando uma luz focal.

Outra área beneficiada pelo retrofit da iluminação foi a piscina, que recebeu 11 luminárias LED High Bay de 150W no lugar das de vapor metálico com 400W. A tecnologia com maior tempo de vida é ideal para locais com pé direito alto e de difícil manutenção.

A tecnologia LED adotada permitiu uma economia mensal de 11.435 W e no ano de 137.220 W, uma redução de aproximadamente 60%. Isto representa uma diminuição nas despesas anuais com custo de manutenção e de energia elétrica de R$ 12 mil.

O retrofit também garante mais tempo sem troca de lâmpadas, reduzindo os custos com manutenção. “Por parte das lâmpadas, a próxima troca se dará entre 8 e 12 anos. No caso da High Bay este tempo é ainda maior, sendo em torno de 16 anos, conforme o tempo de uso indicado pela escola”, finaliza Longarço.


Ficha técnica
Projeto: Celena
Lâmpada: lâmpadas tubulares, Downlights, Spot, Refletores e High Bay da linha Extreme LED da Lâmpadas Golden
Fotógrafo: Rubens Campo