Cases de Projetos Luminotécnicos - Celena

+55 11 4871-1888

Projeto Banho de luz chega a ginásio esportivo em Santo André

Santo André (SP) dá mais um passo no programa de modernização do sistema de iluminação pública da cidade, conhecido como “Banho de luz”. O beneficiado nesta etapa foi o Ginásio Noêmia Assumpção, no bairro Camilópolis, que recebeu investimentos para implementar a tecnologia LED, em substituição à iluminação com lâmpada de vapor metálico que havia no espaço público. Além de melhorar o nível de luminância e uniformidade, exigidos para a prática da atividade esportiva, o retrofit contribuirá para reduzir o consumo de energia elétrica e despesas com manutenção.

O local, com capacidade para 1.200 pessoas, recebe jogos do Campeonato Paulista de Handebol, da Liga Nacional de Handebol Feminino e do Campeonato Paulista de Futsal – eventualmente, do Paulista e da Superliga de Voleibol Masculino, na impossibilidade de utilizar o ginásio principal do Complexo Esportivo Pedro Dell’Antonia.

Toda a tecnologia de iluminação utilizada foi da Lâmpadas Golden. O projeto luminotécnico, desenvolvido pela Celena – empresa especializada em projetos de eficientização energética na área de iluminação –, buscou garantir a quantidade mínima de luz necessária à prática esportiva, em atendimento às exigências de regulamento técnico das Federações e Confederações.

Com a adoção da Highbay ECO de 150W na iluminação da quadra, no lugar da vapor metálico de 400W, o ginásio obteve resultados mais adequados de uniformidade da luz, atingindo nível 0,94, enquanto a NBR 8837, que trata de iluminação esportiva, exige o mínimo de 0,75. O nível de iluminância obtido, em torno de 759 lux - para um padrão de 500 -, aplica-se tanto ao uso recreativo como profissional. “O índice de iluminância 50% acima do que pede a norma foi possível porque a Highbay possui um foco de luz bem concentrado e ideal para local com pé direito alto”, explica o lighting designer da Celena, Felipe Marcili. O produto evita o ofuscamento da visão, sem alterar a cor dos objetos, indicado para locais em que as pessoas pratiquem atividades físicas e esportivas.

Além do elevado consumo, as lâmpadas metálicas aqueciam em demasia o ambiente, contribuindo para uma sensação de desconforto de atletas e do público. O LED, ao contrário do LED, não gera calor, garantindo conforto técnico e luminoso.

Do ponto de vista técnico, a diminuição da carga instalada com a troca de tecnologia, de 400W para 150W de consumo, foi possível eliminar os aquecimentos dos circuitos de alimentação e dispositivos de proteção. “O antigo sistema instalado de elevada potência dava superaquecimento de cabo e disjuntores, o que causava aquecimento técnico”, pontuou o diretor do Departamento de Manutenção e Obras, Vitor Mazzetti Filho.

A tecnologia LED também é a mais apropriada para casos de pico de tensão, visto que uma vez restabelecida a energia fica com 100% de carga de imediato, enquanto que a de vapor metálico pode levar até meia hora para concluir o processo de reacendimento. Além disso, com uma durabilidade de 50 mil horas, cerca de 5 vezes mais que a metálica, o custo com manutenção fica reduzido, evitando as constantes intervenções que exigiam a montagem de andaimes que impediam a utilização da quadra.

Quanto à eficiência energética, a Prefeitura de Santo André já começa a colher os primeiros resultados positivos. A primeira conta de luz após o retrofit, recebida em novembro último, já registrou uma redução de 24% no consumo de energia elétrica em relação a julho, passando de 5.932,9 kWh para 4.513,0 kWh. A expectativa é atingir uma economia de 67% na iluminação da quadra e de 60% nas outras áreas.

Também receberam nova iluminação os corredores ao lado da quadra principal, a administração, o bar e os vestiários, com luminárias Ultra LED tubular de 9W e 18 W da Golden no lugar das lâmpadas fluorescentes de 20W e 40 W.

Na fachada, foram incluídos cinco projetores da linha Extreme LED de 50W, que não existiam, aplicados para realçar os detalhes externos .

Ficha técnica
Projeto: Celena
Lâmpada: Ultra LED tubular, projetores Extreme LED e Highbay ECO da Lâmpadas Golden
Fotógrafo: Rubens Campo